sexta-feira, 27 de março de 2020

Novo site da Cervejaria Invicta ajuda cervejeiros a montarem seu "Home Bar" durante a quarentena

Novo e-commerce vai vender cervejas próprias e de outras marcas. Nas redes sociais, Invicta também faz campanha de incentivo a doação de máscaras aos hospitais


A Cervejaria Invicta acaba de lançar seu novo site, que vai atender tanto o consumidor final quanto os pontos de vendas. O projeto “invictaebrejas” vai realizar parcerias com grandes marcas e vender não apenas os rótulos da Invicta como também, de outras artesanais com entrega em todo o país,  

“Acreditamos na força da cerveja artesanal brasileira, hoje são cerca de 1.000 fábricas espalhadas pelo país, e nosso objetivo é realizar parcerias buscando sempre os melhores preços e garantir uma entrega eficiente com um custo honesto”, explica Rodrigo Silveira, mestre cervejeiro e diretor da Invicta.


De acordo com o empresário, foram feitas entrevistas que detectaram que várias regiões do país, não tem acesso a vários rótulos de cervejas. “Nosso objetivo é democratizar a cerveja brasileira, entregando nos quatro cantos do Brasil. Estamos vivendo um período de reclusão e isolamento devido o Covid-19, então essa é uma oportunidade das pessoas fazerem seu “home bar” e comprarem suas cervejas de forma facilitada e com preço justo, para poderem apreciar em suas casas. O momento é tenso e a cerveja se consumida com inteligência e moderação, pode ajudar as pessoas relaxarem e terem uma experiência gastronômica bacana sem sair de casa”, avalia Rodrigo.

O novo site de vendas da Invicta é o www.invictaebrejas.com.br e está com frete grátis e parcelamento em 6 vezes nas compras acima de R$ 150,00.


Combate ao coronavírus

Na terça-feira, 24 de março, o diretor da Invicta, Rodrigo Silveira, iniciou uma campanha para incentivar outras cervejarias a doarem máscaras para os hospitais que estão recebendo pacientes com sintomas do covid-19. “Somos mais de 1000 cervejarias e todas elas têm laboratórios como o nosso e possuem estoque de máscaras que são usadas no dia a dia. A reposição desse item nos hospitais as vezes é demorada e quem está no front do problema está sem máscara para usar. Meu pedido é que as associações, os polos, as cervejarias doem o que tem hoje. Vamos nos unir para ajudar quem está trabalhando para salvar vidas”, convocou o cervejeiro.

A Cervejaria Invicta doou seu estoque de mil máscara para hospitais da região de Ribeirão Preto.

read more...

quinta-feira, 19 de março de 2020

Science of Beer libera cursos de cerveja gratuitos e dá dicas para o período de isolamento

Com o objetivo de oferecer conhecimento e democratizar o ensino de cerveja no país, sobretudo neste momento de isolamento, o Science of Beer está disponibilizando gratuitamente um kit de estudos com cursos online gratuitos e conteúdos como ebooks e guias. Os cursos são de Avaliação Sensorial de Cerveja, ministrado pela professora e CEO do Science Amanda Reitenbach, e da Escola Cervejeira Belga, ministrado pela professora Aline Araújo.


Entre os materiais para estudo disponibilizado pelo Science estão guias de harmonização, guia de flavors, informações sobre profissões do mercado de cervejas e ebooks sobre escolas cervejeiras, entre outros.


O kit completo com acesso às aulas e aos materiais pode ser solicitado nesse link


A CEO do Science of Beer sugere aos amantes da cerveja que aproveitem os momentos em casa para estudar a avaliação sensorial. “Isolamento não é férias e a preocupação de todos deve ser de seguir as recomendações dos órgãos de Saúde. Mas mesmo estando em casa, você pode continuar fazendo testes sensoriais para aumentar seu vocabulário de aromas e sabores”, finaliza Amanda.  

read more...

segunda-feira, 16 de março de 2020

Rubaiyat Brasília tem nova carta de drinques inspirada em clássicos do rock internacional

As novidades criadas pelo bar manager Gabriel Bernardes levam nomes de músicas que marcaram os amantes do estilo desde a década de 1970, e oferecem sabores brasileiros em combinações requintadas

Clássicos do rock sempre embalaram os apreciadores de coquetéis e bebidas alcóolicas. Um bom uísque depois de um dia de trabalho, uma dose de tequila ou de gin, aquele vinho guardado, e na vida do bartender Gabriel Bernardes não é diferente. O profissional alia o gosto por músicas antigas à arte de criar drinques. Bar manager da rede Rubaiyat, ele é o responsável pela nova carta de coquetéis que está disponível em Brasília e apresenta 12 novos preparos batizados com nomes de clássicos do rock internacional.


"A música é uma das minhas formas de expressão preferida e eu quis trazer algo que fosse próximo de mim nesse cardápio, pois consumir um coquetel é algo bem pessoal, então acho que desenvolvê-los também deve ser. Os drinques são inspirados em músicas, não necessariamente nas letras, mas no sentimento que esses sucessos trazem", conta.

Na nova carta de drinques da casa, os clientes encontram letras que marcaram os fãs das gerações de Elvis Presley, Beatles e Rolling Stones. O toque tradicional vai além do nome das canções e marca também as escolhas de ingredientes das bebidas. "A base de todo drinque novo é um drinque clássico. Não coloquei nenhum no nosso cardápio, mas quis trazer essa base com sabores abrasileirados. Usei muitas frutas, que é algo que gostamos muito e temos uma grande diversidade. Então, no lugar de açúcar tradicional, usei elementos bem brasileiros para criar xaropes, como maracujá, frutas vermelhas e guaraná."


Entre as novidades da carta estão os refrescantes Summer Breeze (Isley Brothers, 1973 - R$ 32), Ghost Town (The Specials, 1981 - R$ 35) e Orange Sky (Alexi Murdoch, 2002 - R$ 32). Sabores frutados marcam o Heart of Gold (Boney M., 1978 - R$ 34), o adocicado Mr. Moonlight (Beatles, 1964 - R$ 34) e o picante Plush (Stone Temple Pilots, 1992 - R$ 33). Os paladares que apreciam sabores mais complexos podem aproveitar o In Bloom (Nirvana, 1991 - R$ 34), o Brown Sugar (Rolling Stones, 1971 - R$ 34), o High and Dry (Radiohead, 1996 - R$ 34) e o Hawaiian Sunset (Elvis Presley (1961 - R$ 32).

Outra opção do cardápio é o Red Lights (Molly and the Zombies, 2016 - R$ 34). A mistura é inspirada no Negroni e brinca com ares praianos na combinação de Brandy de Jerez, Campari, vermouth rosso, Fernet Branca e flor de sal. "Essa é a graça: usei o Brandy, que é uma espécie de conhaque espanhol mais adocicado, e a Fernet, que é bem amarga, para manter o equilíbrio e a base do negroni, mesmo sem usar o gin", explica o bartender.


Quem busca um sabor cítrico pode optar pelo único drinque que não leva nome de música, o Ruba Sour (R$ 45). Em homenagem ao nome do restaurante, o preparo mistura rum ouro, rum branco, xarope de baunilha e mix cítrico de abacaxi e maracujá. A bebida tropical e amadeirada é feita para ser compartilhada e serve até duas pessoas.

Confira a playlist de músicas que batizam a carta de drinques:

In Bloom, Nirvana (1991)
http://www.youtube.com/watch?v=PbgKEjNBHqM

Summer Breeze, Isley Brothers (1973)
http://www.youtube.com/watch?v=BsVGbV_j2aY

Brown Sugar, Rolling Stones (1971)
http://www.youtube.com/watch?v=3B0Y3LUqr1Q

Mr. Moonlight, Beatles (1964)
http://www.youtube.com/watch?v=FZQ8nWZJrhA

Ghost Town, The Specials (1981)
http://www.youtube.com/watch?v=VXjr92SflTY

High and Dry, Radiohead (1996)
http://www.youtube.com/watch?v=7qFfFVSerQo

Red Lights, Molly and the Zombies (2016)
http://www.youtube.com/watch?v=I1TKmCfONug

Plush, Stone Temple Pilots (1992)
http://www.youtube.com/watch?v=V5UOC0C0x8Q

Heart of Gold, Boney M. (1978)
http://www.youtube.com/watch?v=a9pSdAqqNqE

Hawaiian Sunset, Elvis Presley (1961)
http://www.youtube.com/watch?v=zMStj8w0WaM

Orange Sky, Alexi Murdoch (2002)
http://www.youtube.com/watch?v=vy_Em1i9BAA
read more...

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

Dama Bier surpreende com projeto Dama Lab


2020 é um ano muito significativo para a cervejaria Dama Bier, de Piracicaba/SP, pois é quando a cervejaria completa uma década de existência. Em comemoração a esse marco, a Dama Bier desafiou-se a criar alguns projetos ao longo do ano.

O primeiro deles é o Dama Lab, uma série de cervejas com atributos que beiram o absurdo produzidas em pequenos lotes, que passeiam entre estilos históricos e experimentais.

Na quinta-feira, dia 20 de fevereiro, a Dama Bier apresentou o primeiro rótulo do projeto no EAP em São Paulo. Trata-se de uma New England Double IPA com cinco tipos de lúpulo (Mosaic, Citra, Amarillo, Galaxy e Cascade), sendo que nenhuma adição foi feita no processo de fervura e ainda conta com três dry hoppings generosos.


O resultado é uma cerveja não pasteurizada surpreendente no paladar, com corpo absurdamente macio e extremamente saborosa remetendo às frutas amarelas, que também se destacam muito no aroma. O amargor vem na medida para equilibrar muito bem esse conjunto, nenhuma sensação de harsh e um perigoso drinkability.

Para quem já ficou curioso para experimentar, a Dama Lab virá em pequenos lotes e será possível encontrar na Loja da Fábrica e nos principais pontos especializados de São Paulo.

Mais detalhes e informações sobre a série, acesse as redes sociais da Dama Bier e o site www.damabier.com.br.

Saúde!

read more...

terça-feira, 18 de fevereiro de 2020

Cervejaria Invicta promete folia ao som das tradicionais marchinhas

A Cervejaria Invicta preparou uma programação de carnaval que vai agradar quem quer curtir a folia com toda a família em um ambiente leve e descontraído. A banda Funil tocará uma série de marchinhas carnavalescas no domingo (23) das 15h30 às 19h, na segunda (24) das 20h30 às 00h e na terça (25) das 15h30 às 19h.

A folia será encerrada com o bom e velho rock ao som do cantor Rodolfo Ruiz, que dedica o seu repertório aos grandes clássicos do gênero na terça (25) das 20h às 23h30.

As torneiras das cervejas artesanais, como Velhas Virgens, 2cabeças e Cervejaria Urbana estarão a todo vapor, além dos chopes frescos da Invicta, tudo isso acompanhando da gastronomia de primeira disponível no bar e com espaço kids que possibilita diversão para toda a família.

“Será um carnaval contagiante com as clássicas marchinhas e músicas para a família toda festejar. Estamos organizando uma estrutura segura e confortável. Nosso objetivo é oferecer uma opção de diversão para quem quer sair de casa e curtir o fim de semana prolongado com cerveja de qualidade, ambiente agradável e muita música”, comenta Rodrigo Silveira, mestre cervejeiro e diretor da Invicta.

A folia rola na avenida do Café 1881, Ribeirão Preto-SP, mais informações pelo 16 – 3236.1365 ou www.facebook.com/cervejariainvicta

Confira o horário de funcionamento da Cervejaria Invicta durante o Carnaval

Domingo (23/02) – das 12h às 00h

Segunda (24/02) – das 10h às 00h

Terça (25/02) – das 10h às 00h

read more...

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020

Rubaiyat Brasília oferece workshops gratuitos de drinques até sábado

Gabriel Bernardes, bar manager da casa, ensina origens e tendências de drinques tradicionais e novidades que conquistaram o gosto popular

O sextou vai ter um gostinho especial no Rubaiyat Brasília. A casa abre as portas para um curso de workshop sobre negronis e martinis nesta sexta (14/2). A partir das 19h30, o bar manager da rede Rubaiyat, Gabriel Bernardes, vai bater um papo e ensinar alguns segredos sobre os drinques para os clientes.


"Eu misturo um pouco de teoria e prática: primeiro falo um pouco sobre o drinque, depois faço para as pessoas degustarem e no fim os participantes testam suas habilidades fazendo a própria bebida", explica o mixologista.

A programação de workshops continua sábado com duas aulas. Ao 12h os clientes poderão conhecer mais sobre coquetéis com espumantes e às 18h o bar manager fala sobre gin tônica. As atividades são gratuitas e as inscrições podem ser feitas pelo e-mail eventos.brasilia@rubaiyat.com.br.


Serviço
Rubaiyat Brasília - Workshop de drinques
Datas e horários: 14 de fevereiro, às 19h30 - Aula de martinis e negronis
15 de fevereiro, às 12h - Aula de coquetéis com espumantes
15 de fevereiro, às 18h - Aula de gin tônica
Endereço: SCES -- Setor de Clubes Esportivos Sul, Trecho 1, lote 1 A - Asa Sul
Horários de funcionamento: de segunda à sábado, das 12h à 0h. Domingo, só almoço, das 12h às 18h.
Mais informações: (61) 3443-5000
Inscrições gratuitas pelo e-mail eventos.brasilia@rubaiyat.com.br.
read more...

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2020

Startup brasileira, acelerada pela AMBEV, apresenta na Bélgica solução para descarte ilegal de lixo após escândalo europeu

•Em janeiro, a Malásia devolveu 42 contêineres de lixo plástico importados ilegalmente do Reino Unido

•Green Mining, que desenvolveu solução de rastreabilidade total de recicláveis por meio de blockchain, mostra que problema pode ser evitado


São Paulo, fevereiro de 2020 -- Com taxas muito baixas de reciclagem, o mundo vive um colapso quanto ao descarte de resíduos. Como “solução”, países de primeiro mundo têm enviado seu lixo para o exterior por ser economicamente viável, assim como fez o Reino Unido que exportou ilegalmente -- e teve devolvidos -- 42 contêineres de lixo plástico para a Malásia, tornando evidente a falta de gestão e inserção de sistemas de controle que garantam um sistema de logística reversa eficiente. Em uma declaração recente, a ministra do Meio Ambiente da Malásia, Yeo Bee Yin, afirmou: "O que os cidadãos do Reino Unido acreditam que enviam para reciclagem é realmente jogado em nosso país".

A startup brasileira Green Mining, acelerada pela Ambev, foi convidada pela EURADA (Associação das agências de desenvolvimento da Europa) para participar do Brokerage Event for Innovation Agencies para apresentar sua iniciativa de coleta e rastreabilidade de recicláveis, chamada de logística reversa inteligente. No Brasil, a startup já coletou mais de 720 toneladas de resíduos e evitou mais de 120 toneladas de emissões de ‎CO2. O evento reuniu no mês de janeiro, na Bélgica, especialistas no campo da inovação para compartilhar as melhores oportunidades de negócios promissores.

“A gestão de resíduos é um problema mundial. Queremos que, assim como temos feito no Brasil, o governo e as indústrias percebam como é benéfico investir em projetos sustentáveis que garantam a credibilidade de suas ações. Para nós, é uma grande satisfação expor nossos resultados e mostrar o potencial que nossa solução tem para ser desenvolvida na Europa”, diz Rodrigo Oliveira, presidente da Green Mining.

A startup coleta embalagens pós-consumo em estabelecimentos, como bares, restaurantes e condomínios, de maneira ambientalmente correta, por meio de triciclos e sem emissão de gás carbônico. Entre as empresas parcerias da Green Mining, a Cervejaria Ambev, permite que o vidro recolhido seja levado direto à fábrica da própria cervejaria, devolvendo o material à cadeia produtiva da empresa. Em menos de 1 ano, a Green Mining -- que iniciou em um bairro de São Paulo, já expandiu sua operação para 18 bairros da cidade, além de Osasco, Rio de Janeiro e Brasília, pretendendo levar o projeto para outros países.

Rodrigo Oliveira explica que o governo do Reino Unido está tomando uma série de medidas para reduzir o número de embalagens plásticas para garantir a reciclagem. As medidas apresentadas incluem a melhoria na rotulagem, combate ao crime de exportação ilegal, tornar as empresas responsáveis pelo processo de logística reversa e introduzir o rastreamento eletrônico. “O modelo desenvolvido pela Green Mining já atende os problemas atuais e ainda permite que a indústria faça seu papel sem danificar suas margens”.

Como funciona o sistema de logística reversa da Green Mining
A eficiência dessa economia circular colocada em prática pela startup é baseada em um sistema de rastreabilidade que é feito em todas as fases do processo, garantindo que todo o material coletado chegue ao seu destino de maneira correta. “Todas as informações são registradas no aplicativo da Green Mining por cada coletor, incluindo o local onde o material foi gerado. Com informações como data e local da coleta, peso e destino dos recicláveis, o sistema faz o rastreamento do percurso de cada triciclo, garantindo a transparência da informação”, finaliza o presidente da Green Mining.


Rodrigo Oliveira entre representantes de associações europeias de desenvolvimento econômico, na Bélgica.

Sobre a Green Mining

Startup fundada em 2018 para criar soluções em reaproveitamento de embalagens, a Green Mining detém um sistema inteligente de logística reversa que consegue identificar os locais de maior geração de resíduos pós consumo, além de capacitar e contratar catadores de rua para uma coleta sustentável, que evita a emissão de gás carbônico. A Green Mining é uma das 21 empresas selecionadas em todo o mundo pela cervejaria Ambev, por meio do programa 100+ Accelerator, que visa impulsionar o progresso dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU) e os Objetivos de Sustentabilidade 2025 da multinacional, que inclui dez desafios, lançados a cientistas, especialistas e startups de tecnologia. Mais informações: www.greenmining.com.br.
read more...
 
Copyright © 2014 Cervejeira Nerd • All Rights Reserved.
Distributed By Free Blogger Templates | Template Design by BTDesigner • Powered by Blogger
back to top